Heloísa Vasconcelos
Escrito Por
Heloísa Vasconcelos
Sobre O Autor
Jornalista com experiência em grandes redações há 7 anos, atuando principalmente na área de economia. Ganhadora do Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor (2022) e do Prêmio Abecip de Jornalismo (2022). No Aposta Legal, acompanha de perto os bastidores do mercado e o processo de regulamentação das apostas esportivas.
Última Atualização
7 Dias Atrás
Atualizado:

Como A Regulamentação Das Apostas Pode Evitar Manipulações Em Partidas

Cover image for post PL Das Apostas Esportivas Trata Sobre Manipulação De Resultados
PL Das Apostas Esportivas Trata Sobre Manipulação De Resultados
Como A Regulamentação Das Apostas Pode Evitar Manipulações Em Partidas

A manipulação de resultados de partidas esportivas para favorecer resultados de apostas levou ao indiciamento de 14 pessoas e ao banimento de três jogadores por parte da Fifa, após investigações do Ministério Público de Goiás.

A CPI aberta na Câmara dos Deputados para apurar as fraudes foi encerrada na última terça-feira (26) sem votação do relatório final, mas com a proposição de quatro projetos de lei sobre o tema.

O PL 3.626/23, que trata da regulamentação das apostas esportivas, também traz o assunto.

A manipulação de partidas e outras fraudes é tratada em alguns pontos no projeto de lei, que estabelecem a obrigatoriedade de uma política de prevenção e ações que podem ser tomadas pelo Ministério da Fazenda no caso de suspeitas de intervenções nas partidas.

O projeto de lei, que aguarda apreciação no Senado, não traz detalhes de procedimentos como a aplicação de sanções ou sobre como ocorrerá a fiscalização de fraudes.

O texto atual detalha que, caso haja suspeita de manipulação de resultados, o Ministério da Fazenda pode determinar, cautelarmente:

  • A imediata suspensão de apostas e a retenção do pagamento de prêmios relativamente ao evento suspeito.
  • A suspensão ou a proibição, a um ou mais agentes operadores, de apostas em eventos intercorrentes ou específicos ocorridos durante a prova, a partida ou a disputa suspeita, que não o prognóstico específico do resultado final.
  • Outras medidas restritivas destinadas a evitar ou a mitigar as consequências de práticas violadoras da integridade no esporte.

É possível que partes do texto da regulamentação das apostas sejam modificadas no Senado para tornar a legislação mais específica com relação ao combate de fraudes e lavagem de dinheiro.

O senador Eduardo Girão considera que o texto aprovado na Câmara é ruim e afirma que lutará para realizar mudanças na passagem da matéria pela Casa Revisora.

Citação
Eduardo Girão
Citação de Especialista

[O texto] não trata de maneira adequada de questões importantes, entre elas a fiscalização e o controle, tanto dos crimes de colarinho branco, como também de fraudes nos resultados das atividades esportivas, principalmente o futebol.

Ele destaca que já propôs no Senado sete projetos de lei que buscam mitigar os “graves e negativos impactos sociais” das apostas esportivas.

“Eles tratam de inibição da publicidade em meio de comunicação em massa, restrição de patrocínios em times e arenas esportivas, aplicação de verbas maiores em políticas de prevenção à ludopaitia, impossibilidade de oferecer na mesma plataforma jogos de apostas de quota fixa e jogos de azar que ainda são proibidos no Brasil, tais como os de bingos e cassinos”, cita.

Para o sócio-fundador do escritório Jantalia Advogados e especialista em direito de jogos, Fabiano Jantalia, o texto aprovado pela Câmara já atingiu um ponto “ótimo”.

Ele explica que as regras mais detalhadas sobre fraudes e lavagem de dinheiro costumam não estar em leis, mas em regulamentos infralegais.

Citação
Fabiano Jantalia
Citação de Especialista

O mais adequado é seguir o modelo brasileiro de ter as regras por meio de atos infralegais. É um erro colocar detalhes em projeto de lei, porque isso engessa e tira a possibilidade de atualizar a cada dia as normas sobre o assunto.

Ele avalia que existe ainda muito preconceito relacionado ao setor de apostas esportivas, o que pode levar a uma cautela exagerada na elaboração do projeto. Segundo o especialista, um maior detalhamento tiraria a maleabilidade da lei.

Após a aprovação da lei, o Ministério da Fazenda deverá editar os atos regulamentadores para detalhar a questão das fraudes em apostas esportivas. Fabiano Jantalia considera que devem ser incorporadas as boas práticas de prevenção à lavagem de dinheiro de outros setores, como o bancário.

“Está em estudo o desenvolvimento de um sistema por meio do qual o ministério da fazenda receberia em tempo real as apostas, o que permitiria acompanhar as questões de lavagem de dinheiro e de manipulação de partidas”, cita.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Comparar Casas de Apostas

Selecione no máximo 3 casas

Comparar