Heloísa Vasconcelos
Escrito Por
Heloísa Vasconcelos
Sobre O Autor
Jornalista com experiência em grandes redações há 7 anos, atuando principalmente na área de economia. Ganhadora do Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor (2022) e do Prêmio Abecip de Jornalismo (2022). No Aposta Legal, acompanha de perto os bastidores do mercado e o processo de regulamentação das apostas esportivas.
Última Atualização
7 Dias Atrás
Atualizado:

Regulamentação Das Apostas Esportivas Deve Ser Aprovada Em 2023

Cover image for post Texto Aguarda Apreciação Do Senado
Texto Aguarda Apreciação Do Senado
Regulamentação Das Apostas Esportivas Deve Ser Aprovada Em 2023

Cinco anos após a aprovação da Lei 13.756/18, que legalizou os jogos de apostas no Brasil, esse setor caminha, enfim, para uma regulamentação.

Nomes do Senado e especialistas do mercado entrevistados pelo Aposta Legal Brasil acreditam que a regulamentação deve ser sancionada ainda neste ano, com o início da implementação de tarifas e tributos já em 2024.

A regulamentação aguarda apreciação do Senado, após a aprovação do projeto de lei 3.626/23 na Câmara dos Deputados no dia 13 de setembro. Alguns pontos do projeto de lei podem atrasar a regulamentação, fazendo com que o texto volte para a Câmara devido a alterações propostas pelo Senado.

Entre os pontos polêmicos, estão a taxa de outorga, a tributação e a inclusão dos cassinos online no texto.

Mesmo que o texto volte para a Câmara, a expectativa é que o projeto de lei seja colocado em pauta ainda este ano, já que o tema tramita em caráter de urgência.

Um ponto que leva os especialistas a crerem na maior celeridade do processo da regulamentação das apostas esportivas é a atual situação fiscal do país, somada à possibilidade de arrecadação que a tributação do setor traz.

A expectativa do Ministério da Fazenda é que a regulamentação do mercado de apostas esportivas traga uma arrecadação de R$ 2 bilhões apenas no primeiro ano.

“O tema é a bola da vez, temos que aproveitar esse embalo em que o governo carece de fontes de receita. Esperamos aprovar até o final do ano para começarmos o ano de 2024 com essas fontes novas de receita”, acredita o senador Angelo Coronel.

Para o advogado e vice-presidente da Comissão Especial de Direito dos Jogos Lotéricos, Esportivos e de Entretenimento da OAB Nacional, Milton Jordão, “não há dúvidas” de que a regulamentação virá ainda neste ano.

Citação
Milton Jordão
Citação de Especialista

O Brasil não está empregando a potência que os jogos têm de retorno, não só para o estado como para a sociedade. É um novo mercado, um passo que ainda não foi explorado.

Tanto o projeto de lei 3.626 como a medida provisória 1.182, que tratam da regulamentação das apostas esportivas, são de autoria do poder executivo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva definiu que os temas tramitem em regime de urgência.

ENTENDA: Isso significa que as casas legislativas têm 45 dias para votar a matéria. Caso contrário, o projeto trava a pauta e nenhum outro projeto pode ser votado antes dele.

Para o advogado especialista em esportes e apostas no escritório Bichara e Motta, Udo Seckelmann, o regime de tramitação deve fazer com que a regulamentação seja aprovada ainda este ano.

“A gente tá falando sobre isso há 5 anos achando que já teria regulamentação hoje, mas sempre aparece algo novo. Mas como esse projeto tem urgência, mesmo que volte para a Câmara, entendo que não demoraria mais de dois meses até ser votado”, afirma.

Caso o projeto seja sancionado ainda este ano, o próximo passo será o Ministério da Fazenda elaborar portarias estabelecendo as diretrizes para a exploração das apostas esportivas.

A partir daí, será possível que as empresas solicitem licenças para atuar em território nacional, de acordo com as regras estabelecidas na lei.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar

Comparar Casas de Apostas

Selecione no máximo 3 casas

Comparar